20.6 C
Itapemirim
terça-feira 17 maio 2022

Polícia Civil prende suspeitos de manter família em cárcere privado em Cariacica – Notícias da Polícia Civil ES

PolíciaPolícia Civil prende suspeitos de manter família em cárcere privado em Cariacica - Notícias da Polícia Civil ES

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), com o apoio da Guarda Municipal de Cariacica e da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), cumpriu mandados de busca e apreensão e prisão contra quatro indivíduos, suspeitos de serem os autores de um roubo qualificado ocorrido na zona rural de Cariacica, em maio de 2021. Os acusados foram presos em municípios da Grande Vitória nessa terça-feira (08).

No crime, os suspeitos mantiveram um casal e seus quatro filhos, dois adolescentes e dois bebês, em cárcere privado, por cerca de 10 horas. Durante a ação, os acusados roubaram a carne de gado da propriedade e objetos pessoais dos moradores.

Segundo informações divulgadas em entrevista coletiva, realizada na tarde dessa terça, um dos acusados, que tinha um mandado de prisão em aberto por outro crime, foi identificado no início das investigações. A partir disso, equipes de inteligência da Polícia Civil localizaram os objetos que foram subtraídos, e também conseguiram identificar os outros envolvidos no roubo. Durante as diligências, foram encontradas uma arma de fogo, 11 munições calibre .36, facas de açougueiro e equipamentos de pecuária.

Segundo o delegado que está respondendo pela Delegacia Especializada Antissequestro (DAS), Maurício Gonçalves, as equipes pegaram os suspeitos de surpresa, e não houve resistência à voz de prisão. “As diligências foram realizadas pela manhã, quando os acusados ainda estavam dormindo e, por isso, conseguimos pegá-los de surpresa. Não houve resistência, porém, no interrogatório, todos negaram participação no crime”, relatou o delegado.

Comitê de segurança rural

Por conta de diversos crimes relatados à Polícia Civil e à Sesp, foi criado um comitê com o objetivo de monitorar episódios de insegurança no campo. Os crimes são realizados durante a madrugada em áreas extensas, o que dificulta a atuação da Polícia Militar durante esses episódios.

De acordo com o Secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, reuniões vêm sendo realizadas para que as demandas de agricultores e pecuaristas possam ser atendidas. “Nós estamos trabalhando em conjunto com agricultores e pecuaristas que sofrem nas mãos de criminosos. As famílias e pessoas que cuidam dessas propriedades sofrem uma violência tremenda, com invasões e horas de cárcere privado, enquanto os criminosos procuram abater o gado e levar a carne”, disse o secretário.

Ramalho também reafirmou a importância da participação da população na solução desses crimes. “Caso tenha uma carne muito barata à venda em algum lugar, ou um estabelecimento está promovendo a venda de bebidas e não está cobrando nada pela carne, denuncie para que a Polícia Civil possa investigar. Foi com a cooperação da população e com os relatos dos agricultores que pudemos chegar até os suspeitos e realizar essas prisões”, destacou o secretário.

As investigações irão prosseguir, e outras operações como esta podem ser realizadas. A população pode contribuir com informações de forma anônima por meio do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br.

Texto: Rachel Nunes, estagiária da Assessoria de Comunicação SESP

 


Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
imprensa.pc@pc.es.gov.br

Atendimento à Imprensa:

Matheus Zardini / Camila Ferreira

(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157
comunicapces@gmail.com



Fonte: Notícias do site da Polícia Civil do Espirito Santo – Confira mais informações em Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas