20.4 C
Itapemirim
segunda-feira 22 abril 2024

PCES prende indivíduo que ameaçou policiais civis e penais participantes da operação que prendeu ‘Marujo’ em Vitória – Notícias da Polícia Civil ES

PolíciaPCES prende indivíduo que ameaçou policiais civis e penais participantes da operação que prendeu ‘Marujo’ em Vitória - Notícias da Polícia Civil ES

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), prendeu, na última quinta-feira (28), um indivíduo de 21 anos que utilizava um perfil falso em uma rede social para ameaçar policiais civis e penais que participaram da prisão do traficante conhecido como “Marujo”. O investigado foi preso na cidade de Vitória.

A ação contou também com o apoio da Subsecretaria de Inteligência (SEI) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp). De acordo com as investigações, o suspeito estaria utilizando um perfil falso entre os dias 08 e 13 de março.

“O investigado chegou a divulgar os nomes e redes sociais dos policiais. O indivíduo também postava ameaças direcionadas às testemunhas de acusação nos processos dos quais o ‘Marujo’ figura como réu”, informou o chefe do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DEHPP), delegado Ricardo Almeida.

“Nas mensagens, o suspeito se referia ao traficante ‘Marujo’ como “paizão” e chegou a criticar o comportamento da polícia no momento da prisão. Uma ameaça aos policiais é também uma ameaça contra o próprio estado. Quando nos ameaçam, é mais combustível para combater a criminalidade”, completou o delegado Ricardo Almeida.

Por meio da Subsecretaria de Inteligência da Sesp, foi possível localizar o indivíduo que estava por trás da rede social e retirar o perfil do ar. Após descobrir o responsável pelas ameaças, foi possível expedir um mandado de prisão temporária e de busca e apreensão. O suspeito foi localizado e preso na residência dele no bairro Parque Moscoso, em Vitória. Além disso, o aparelho celular do detido foi apreendido para investigações.

“Em 2020, o suspeito já havia sido alvo de investigações pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), por deferir ameaças por meio das redes sociais contra o coronel Ramalho, na época secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social. Na ocasião, o suspeito ainda era menor de idade, por isso respondeu em liberdade assistida”, relatou o delegado Ricardo Almeida.

Texto: Beatriz Paoliello, Estagiária – Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi).

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024

Informações à Imprensa:
Olga Samara / Matheus Foletto
(27) 3636-1536 / (27) 99846-1111 / (27) 3636-1574 / (27) 99297-8693
comunicapces@gmail.com



Fonte: Notícias do site da Polícia Civil do Espirito Santo – Confira mais informações em Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas