25.8 C
Itapemirim
sexta-feira 24 maio 2024

PCES prende dupla suspeita de latrocínio ocorrido na Serra em 2022 – Notícias da Polícia Civil ES

PolíciaPCES prende dupla suspeita de latrocínio ocorrido na Serra em 2022 - Notícias da Polícia Civil ES

A Superintendência de Polícia Interestadual e de Capturas (Supic) prendeu, no último dia 25 de maio, um homem de 23 anos. Ele é réu, juntamente com outro suspeito de 22 anos, em um inquérito instaurado pela Divisão Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra para investigar o latrocínio, roubo seguido de morte, do estudante de Educação Física, Pedro Henrique dos Santos da Silva, 23 anos.

O jovem trabalhava em um lava-jato, em Jardim Camburi, Vitória. Ele foi morto no dia 08 de maio de 2022, no apartamento onde morava sozinho, no bairro de Fátima, na Serra.

Segundo o titular da DHPP, delegado Rodrigo Sandi Mori, na véspera do crime, a vítima chegou em casa, por volta das 21h, acompanhado dos dois suspeitos, que eram amigos dele. “Os três rapazes passaram a noite bebendo, conversando e ouvindo música. No domingo, por volta do meio-dia, vizinhos estranharam o silêncio, foram até o apartamento, encontraram tudo revirado e o universitário estrangulado com fios de eletrodomésticos”, relatou o delegado.

O titular da DHPP conta que, do apartamento, os suspeitos fugiram levando um celular usado, avaliado em R$ 200,00 e uma botija de gás, avaliada em R$ 90,00. O delegado acrescentou que não houve qualquer indício de luta corporal entre a vítima e os suspeitos, o que sugere que os suspeitos mataram a vítima para roubar.

O delegado revelou que o suspeito de 22 anos é conhecido da polícia por se envolver em roubos, desde à adolescência. “Depois desse latrocínio, inclusive, ele praticou um roubo, em Vila Velha, e acabou detido, em janeiro deste ano”. Já o suspeito de 23 anos, segundo Rodrigo Sandi Mori, não tinha passagem pela Justiça.

O titular da Supic, delegado Júlio Cesar, ressaltou que a elucidação do caso foi graças à pareceria com a DHPP Serra. “Foi um inquérito muito bem confeccionado de um crime bárbaro, hediondo. A partir da descoberta da autoria, conseguimos que a Justiça determinasse a prisão preventiva dos suspeitos”, comentou o delegado. Os suspeitos foram indiciados por latrocínio e encaminhados para o sistema prisional. 

Texto – Marcelo Rosa

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
imprensa.pc@pc.es.gov.br

Informações à Imprensa:
Olga Samara / Marcelo Rosa
(27) 3636-1536 / (27) 99846-1111 / (27) 3636-1574 / (27) 99297-8693
comunicapces@gmail.com

 

 



Fonte: Notícias do site da Polícia Civil do Espirito Santo – Confira mais informações em Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas