18.6 C
Itapemirim
sábado 20 julho 2024

PCES conduz adolescentes suspeitos de promover ameaças de massacre a uma escola de Linhares – Notícias da Polícia Civil ES

PolíciaPCES conduz adolescentes suspeitos de promover ameaças de massacre a uma escola de Linhares - Notícias da Polícia Civil ES

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da 16ª Delegacia Regional de Linhares, em trabalho conjunto com a Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), identificou dois adolescentes de 13 e 15 anos, suspeitos de usarem as redes sociais para promover ameaças de massacre a uma escola do bairro Bebedouro, em Linhares.

Além das ameaças, um dos jovens também postou em uma rede social uma foto da arma que seria utilizada no massacre. Após receberem uma denúncia de que os adolescentes estariam usando o WhatsApp para promover o massacre, os policiais deram início às diligências investigativas na região para apurar o fato.

Um dos menores foi localizado pela Polícia Militar e, o outro, pela Polícia Civil. As equipes conduziram os menores, com os responsáveis por eles, para a 16ª Delegacia Regional de Linhares, onde foram ouvidos. Os adolescentes então afirmaram que se tratava de uma brincadeira entre colegas.

“Descobrimos que a arma usada nas ameaças realmente existe e pertence ao irmão do jovem de 13 anos de idade. Trata-se de um elemento maior de idade, que já tem passagens por tráfico de entorpecentes e roubo, e que está sendo procurado pela Policia Civil”, informou o titular da Delegacia Regional de Linhares, delegado Fabrício Lucindo.

De posse das informações, os policiais civis de Linhares realizaram várias diligências no bairro Bebedouro, a fim de localizar o responsável pela arma, bem como apreender a arma de fogo, entretanto, sem sucesso.

“Vamos finalizar a investigação e representar pela prisão preventiva do maior de idade, proprietário da arma de fogo. Os dois adolescentes vão responder por crime análogo à ameaça. Depois de serem ouvidos na presença dos pais e do conselho tutelar, foram reintegrados à família. Eles responderão por ato infracional análogo ao crime de ameaça e o procedimento será encaminhado para a Vara de Infância e Juventude de Linhares”, acrescentou o delegado.


Texto:
 Victória Meireles, estagiária da Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi).

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
imprensa.pc@pc.es.gov.br

Informações à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 9923



Fonte: Notícias do site da Polícia Civil do Espirito Santo – Confira mais informações em Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas