25.8 C
Itapemirim
sexta-feira 24 maio 2024

Central de Teleflagrante passa a receber ocorrências do PEM – Notícias da Polícia Civil ES

PolíciaCentral de Teleflagrante passa a receber ocorrências do PEM - Notícias da Polícia Civil ES

A partir das 7 horas da manhã desta terça-feira (09), as ocorrências entregues no Plantão Especializado da Mulher (PEM) serão processadas na Central de Teleflagrante da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES). A mudança acompanha o processo de otimização de recursos e redistribuição de efetivo policial, iniciado em 2021.

Com a integração da unidade ao Teleflagrante, as ocorrências de violências doméstica e familiar registradas na Região Metropolitana da Grande Vitória continuarão sendo entregues na Delegacia do PEM, localizada na Ilha de Santa Maria, em Vitória. Policiais militares, guardas municipais ou outros agentes de segurança deverão se dirigir à Delegacia, conduzindo as partes envolvidas, como sempre ocorreu.

Na Central de Teleflagrante da PCES, um delegado e um escrivão farão o atendimento remotamente, ouvindo os conduzidos por meio de videochamada e adotando as providências cabíveis. Caso haja autuação em flagrante, o detido permanecerá no PEM, aguardando a transferência para a unidade prisional, conforme já ocorre atualmente.

“A Central de Teleflagrante tem se mostrado uma ferramenta eficaz para a otimização dos recursos humanos da Polícia Civil. Desde sua implantação, temos conseguido remanejar policiais e delegados que, antes, ficavam ociosos em plantões muitas vezes pouco produtivos. Com a adesão do PEM, teremos condições de dar continuidade a este processo”, afirmou o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda.

Atendimentos no PEM

Atualmente, o Plantão Especializado da Mulher funciona 24 horas e é a unidade da Polícia Civil responsável por receber ocorrências de violência doméstica e familiar. A delegacia recebe, prioritariamente, situações flagranciais em que o agressor é conduzido, mas também está de portas abertas para que vítimas registrem boletins de ocorrência que vão dar início às investigações.

Com a mudança, a delegacia continua funcionando 24 horas e qualquer pessoa receberá atendimento. A unidade já conta com uma assistente social de segunda-feira a sexta-feira, das 08 às 18h, prestando apoio e orientação às vítimas que buscam atendimento no local e essa assistência será mantida.

A Central de Teleflagrante

Em setembro de 2021, o Governo do Estado deu início ao projeto-piloto da Central de Teleflagrante. A partir da implantação, ocorrências entregues nos plantões das Delegacias Regionais passaram a ser processadas por delegados e escrivães de forma remota, dando celeridade aos procedimentos e possíveis autuações de conduzidos. Nas Delegacias Regionais, equipes de policiais civis com treinamento específico recebem as ocorrências, gerenciam a comunicação remota e conduzem os envolvidos.

Com a entrada do PEM, a Central de Teleflagrante passa a reunir todas as Delegacias de Polícia Civil que funcionam em regime de plantão 24 horas.

Texto:  Camila Ferreira  


Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024

imprensa.pc@pc.es.gov.br

Informações à Imprensa:
Olga Samara / Marcelo Rosa
(27) 3636-1536 / (27) 99846-1111 / (27) 3636-1574 / (27) 99297-8693 

comunicapces@gmail.com   



Fonte: Notícias do site da Polícia Civil do Espirito Santo – Confira mais informações em Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas