25.8 C
Itapemirim
sexta-feira 24 maio 2024

Governo do Estado forma profissionais nos Programas de Residências em Saúde

Governo ESGoverno do Estado forma profissionais nos Programas de Residências em Saúde


O Governo do Estado realizou, na noite dessa segunda-feira (03), a formatura de 104 profissionais dos Programas de Residências Médicas e Multiprofissionais da Secretaria da Saúde (Sesa), desenvolvidos pelo Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi). Os profissionais se especializaram em Cuidados Paliativos, Psiquiatria, Saúde Coletiva, Saúde da Família, Saúde Mental ou Medicina de Família e Comunidade.

A formatura foi realizada em Vitória, com a presença do governador do Estado, Renato Casagrande, que falou sobre a importância da formação desses novos profissionais no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) capixaba. “É uma alegria estar aqui com a segunda turma de residentes do ICEPi. Estamos ofertando aos capixabas, através deste programa do Governo do Estado, um serviço de qualidade com profissionais super capacitados”, disse.

Casagrande prosseguiu: “A saúde é um desafio permanente. Atualmente, por exemplo, enfrentamos um momento de dificuldade por conta da dengue e de doenças respiratórias, principalmente nas crianças. Quando temos profissionais que dão valor ao SUS, que sabem a importância do SUS, isso faz toda diferença. Além de um bom conhecimento técnico, vocês [formandos] são pessoas que amam o SUS e encontram soluções para atender as pessoas que dependem do Sistema Único de Saúde.”

Os programas de residência promovidos pelo Estado visam a qualificação e o fortalecimento da assistência em saúde do SUS capixaba, ofertando serviços de forma descentralizada em todas as regiões do Espírito Santo. Os objetivos são promover a qualidade e alcançar a integralidade de ações em saúde ofertadas aos usuários por meio de uma formação especializada para os profissionais.

Durante a solenidade, o secretário de Estado da Saúde, Miguel Duarte, destacou a importância do investimento realizado pelo Governo do Estado nos programas de residência e como os profissionais ampliam o acesso aos serviços da saúde à população. “Garantir a especialização de qualidade é promover maior número de consultas, exames e procedimentos na área da saúde para todos. O ICEPi está qualificando cada vez mais profissionais e trazendo novas experiências ao SUS capixaba. É gratificante ver o sucesso de um trabalho realizado em parcerias”, ressaltou.

Com duração de três anos de atividades para a Residência Médica em Psiquiatria e dois anos para as demais residências, os alunos atuaram em hospitais, Unidades Básicas de Saúde (UBS), Centros Regionais de Especialidades (CREs), Centros de Atenção Psicossociais (Caps), entre outros serviços de saúde.

Nesse processo, eles puderam realizar atividades de vivência no Sistema Único de Saúde, como o atendimento individual, familiar e em domicílio aos usuários, consultas de pré-natal, além da promoção de atividades educacionais sobre prevenção de doenças e qualidade de vida.

Também estiveram presentes na formatura os subsecretários de Estado de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin; de Atenção à Saúde, José Tadeu Marino; de Contratualização em Saúde, Alexandre Aquino; o interino de Administração e Financiamento de Atenção à Saúde, Leandro Sarmento; a superintendente da região Metropolitana, Cybeli Pandini; gerente de Vigilância em Saúde, Orlei Cardoso; além de secretários municipais de Saúde da Grande Vitória.

Fortalecimento do SUS

O diretor do ICEPI, Fabiano Ribeiro, pontuou sobre a importância da formação de mais uma turma de residentes para o Espírito Santo. Segundo Ribeiro, o momento de hoje é uma celebração de anos de dedicação dos formandos e de toda equipe de preceptores, coordenadores e demais profissionais que contribuíram e contribuem diariamente para esta formação.

Além disso, o diretor ressaltou a descentralização do Sistema Único de Saúde. “A imersão desses profissionais em todas as regiões do Estado é a garantia da descentralização do SUS, com atendimento de qualidade e maior acesso aos serviços para a população”, pontuou.

Para a coordenadora dos Programas de Residências, Juliana Mariano, a formação de novos profissionais representa também o fortalecimento do SUS e maior assistência à sociedade.

“Com o programa de residência do ICEPi, o Espírito Santo está garantindo maior acesso e fortalecimento dos serviços de saúde. Além disso, muitos desses profissionais acabam retornando aos programas do próprio Instituto, seja para realizar uma nova residência, seja para ingressar no programa para atuação na atenção primária, pelo Qualifica-APS, por exemplo. É muito gratificante acompanhar essa evolução”, frisou.

As gerentes de Inovação e Ensino do ICEPi, Isabela Oliveira e Bárbara Farias, respectivamente, também salientaram o compromisso do ICEPi em promover inovações em Saúde no Estado e assegurar o cuidado humanizado aos cidadãos.

Conheça as residências

Os Programas de Residência do Instituto acontecem de forma descentralizada, em todas as regiões do Estado, e em diferentes campos de prática, como hospitais e Unidades Básicas de Saúde (UBS), e com a oferta de residências para os programas de Residências Médicas e Multiprofissionais.

As categorias profissionais dos residentes são Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Thaísa Côrtes / Ana Cláudia dos Santos / Daniel Borges / Mike Figueiredo
asscom@saude.es.gov.br

 

Fonte: Notícias do Governo do Espírito Santo

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas