20.4 C
Itapemirim
segunda-feira 22 abril 2024

Espírito Santo assina Pacto Nacional pela Consciência Vacinal  

Governo ESEspírito Santo assina Pacto Nacional pela Consciência Vacinal  


Duas importantes ações visando melhores índices na imunização capixaba foram apresentadas na manhã desta sexta-feira (18) pelo Governo do Espírito Santo. Em solenidade no Palácio Anchieta, em Vitória, o governador Renato Casagrande assinou o Pacto Nacional pela Consciência Vacinal. Na oportunidade, foi aberto o curso de Pós-Graduação em Cuidado Interprofissional na área de Imunizações, a primeira do País exclusivamente ofertada pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O Pacto Nacional pela Consciência Vacinal é uma ação do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), por iniciativa da Comissão da Saúde, para conscientizar e fortalecer a importância da vacinação prevista no Plano Nacional de Imunização (PNI) para a prevenção de doenças, visando a retomada de índices seguros e homogêneos de cobertura vacinal em todo o território nacional.

O Estado conta também com o incentivo de instituições públicas e privadas para o apoio ao Pacto, e que ressaltam a importância e o compromisso com a conscientização sobre a importância da vacinação.

As demais instituições que formalizaram a adesão foram: Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes); Secretarias Estaduais de Saúde, Educação e de Assistência Social; Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES); Ministério Público do Espírito Santo (MPES); Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES); Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCEES); Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Espírito Santo (OAB-ES); Colegiado de Secretarias Municipais de Saúde do Espírito Santo (Cosems/ES); Superintendência Regional do Ministério da Saúde no Espírito Santo; Sociedade Brasileira de Imunologia (SBIM); Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo (SINEPE/ES); Conselho Estadual de Saúde (CES); Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo (CRM-ES); Conselho Regional de Enfermagem do Espírito Santo (COREN-ES); Conselhos Regionais de Biologia (CRBios – CFBio); União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime); Comissão da Saúde do Ministério Público; Comissão Distrital do Rotary Club; Procuradoria Regional do Trabalho da 17.ª Região; Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Espírito Santo; Associação Brasileira de Recursos Humanos do Espírito Santo (ABRH-ES); Associação Capixaba de Supermercados (ACAPS); Rede Carone.

Em sua fala, o governador do Estado destacou a importância da iniciativa. “Para nós, é uma alegria assinar este Pacto. Temos que celebrar a vida, pois muitas pessoas que poderiam estar conosco não estão, já que enfrentamos uma pandemia durante um período conturbado da política. Esse comportamento negacionista e anticiência não é registrado somente em nosso País, mas em todo mundo. Temos que trabalhar para que esse tipo de pensamento não encontre mais eco na sociedade”, pontuou.

Casagrande lembrou que, caso não existissem as vacinas, o mundo enfrentaria uma pandemia atrás da outra, podendo levar até mesmo à extinção da raça humana: “Na hora em que você tem representantes da sociedade, governador, representantes dos Poderes aqui reunidos, ou seja, todo mundo dando o exemplo, você ganha adeptos. Quando você tem o chefe de uma nação que nega a vacina, isso é um desastre. A gente foi agredido pelas pessoas que vinham nas ruas nos pedir para não vacinarmos as pessoas. Isso é uma coisa inacreditável!”.

“É uma grande satisfação para a Secretaria da Saúde integrar tantas instituições em torno de um pacto pela vacinação, num movimento único de despertar a sociedade para se comprometer com a saúde coletiva. Parabenizo o Conselho Nacional do Ministério Público pela iniciativa, que soma à nossa, pois em fevereiro deste ano, juntamente com nosso governador Renato Casagrande, lançamos o Plano Estadual de Recuperação das Metas de Coberturas Vacinais para obtermos uma retomada, de 2023 a 2026, das altas e homogêneas coberturas vacinais em todo o território capixaba. São respostas importantes à queda das coberturas vacinais observada nos últimos anos em todo o País”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Miguel Duarte.

O conselheiro Nacional do Ministério Público, Ângelo Fabiano Farias da Costa, que estava representando o presidente da Comissão da Saúde da CNMP, Jayme Martins de Oliveira Neto, durante a sua fala agradeceu ao estado do Espírito Santo pela formalização ao Pacto e destacou o objetivo principal dessa ação. “É justamente somar todos os esforços do poder executivo, legislativo, judiciário e das entidades da sociedade civil para conscientizar a todos nós da importância da vacinação e no cumprimento do Plano Nacional de Imunizações”.

Oliveira Neto ainda compartilhou que “a iniciativa do CNMP visa não apenas unir instituições do Estado, mas também massificar a sociedade para que possamos mostrar a importância da vacinação para todos. Como sabemos, a vacina é uma medida de proteção não apenas individual, mas de proteção coletiva de saúde pública, que protege e salva vidas. Agradeço ao governador Renato Casagrande pela parceria com o Conselho Nacional do Ministério Público”.

Presente no evento, a primeira-dama Maria Virgínia Casagrande, “embaixadora da vacina”, título dado pela médica Margareth Dalcomo devido ao seu papel de inspirar confiança nas vacinas e encorajar pais e mães a vacinarem seus filhos contra doenças imunopreveníveis, falou sobre a importância do Pacto e das vacinas para a população. Ela foi homenageada pelo apoio à iniciativa ao pacto, com entrega de flores. 

“Com muito prazer recebo o título que hoje foi consagrado pelo lançamento do pacto. Estamos aqui para cumprir a nossa missão. Da forma que educamos nossos filhos, eles também aprendem. A Milla está com a vacina em dia do Cauan, e vem Rael aí também”, disse emocionada.

O subsecretário de Estado de Vigilância em Saúde, Orlei Cardoso, destacou as coberturas vacinais no estado apresentou, em primeira mão, o vídeo da campanha de Multivacinação, que no Espírito Santo acontecerá dos dias 26 de agosto a 16 de setembro, com dia D em 02 de setembro. A campanha disponibilizará vacinas do calendário para atualização da caderneta de crianças e adolescentes, de zero a menores de 15 anos.

Pacto Nacional pela Consciência Vacinal

Uma ação do Conselho Nacional do Ministério Público, por iniciativa da Comissão da Saúde, para conscientizar e fortalecer a importância da vacinação prevista no Plano Nacional de Imunização (PNI), visando a retomada de índices seguros e homogêneos de cobertura vacinal em todo território nacional.

O Pacto possui quatro importantes ações propostas que são o diálogo institucional com os principais atores da saúde pública; a informação confiável para escolhas conscientes, com a promoção e conscientização da população sobre a importância de buscar fontes confiáveis de informação; a mobilização e comunicação estratégica, a fim de conscientizar a sociedade sobre a importância das vacinas e os riscos do retorno de doenças transmissíveis; e os materiais informativos, com a promoção da consciência vacinal, fornecendo recursos e materiais informativos que ajudem a população a entender os benefícios e a segurança das vacinas previstas no PNI.

Pós-Graduação

Durante o evento, deu-se início também a primeira pós-graduação ofertada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Cuidado Interprofissional na área de Imunizações no País. Promovido pelo Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi), da Secretaria da Saúde (Sesa), o curso tem por objetivo promover a ampliação dos conhecimentos teóricos e práticos em Imunização de acordo com as diretrizes do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).

Com duração de um ano, o curso é voltado exclusivamente a profissionais de saúde graduados e habilitados na administração de imunobiológicos lotados em Secretarias Municipais de Saúde, nas Superintendências Regionais de Saúde e na Secretaria da Saúde do Estado. Para a primeira turma, 84 discentes foram selecionados por meio do processo seletivo.

A coordenadora técnica do Curso de Pós-graduação em Cuidado Interprofissional na área de Imunizações, Danielle Grillo, ressaltou a importância sobre o início dessa primeira turma. “É um importante passo para que possamos qualificar e fortalecer a imunização capixaba, formando profissionais especialistas que poderão atuar nos campos de planejamento, monitoramento, avaliação, educação em saúde, coordenação e execução das ações de vacinação, visando a prevenção, controle, eliminação e erradicação de doenças infecciosas Imunopreveníveis”.

Durante o ano de atividade, as aulas teóricas serão realizadas em um sábado do mês, em quatro polos regionais, já as aulas teórico-práticas acontecerão a cada 15 dias, nas sextas-feiras, em 12 micro polos. O curso está estruturado em cinco unidades educacionais interdisciplinares incluindo o desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), que serão apresentados projetos de intervenção.

Dados de cobertura vacinal no Estado




Imunizante



2022



2023





BCG



82,34%



95,80%





Pentavalente



82,27%



82,15%





Poliomielite



84%



81,94%





Pneumo 10



88,48%



87,18%





Rotavírus



83,47%



84,81%





Meningo C



83,85%



81,52%





Febre Amarela



67,28%



74,64%





Hepatite A



80,35%



85,21%





Tríplice Viral



88,57%



84,34%





Varicela



78,54%



71,44%




Fonte: Sistema Vacina e Confia e o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI).

Os dados de 2023 são preliminares de janeiro a julho deste ano, já os dados de 2022 são referentes a todo o ano. As coberturas são referentes às doses de rotina de crianças menores de dois anos de idade. Os imunizantes de BCG e Rotavírus possuem cobertura preconizada de 90%, os demais possuem cobertura preconizada de 95%.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Thaísa Côrtes / Ana Cláudia dos Santos / Mike Figueiredo / Luciana Almeida
asscom@saude.es.gov.br

 

Fonte: Notícias do Governo do Espírito Santo

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas