24.6 C
Itapemirim
segunda-feira 22 abril 2024

Banestes tem lucro líquido de R$ 259 milhões no acumulado de 2022

Governo ESBanestes tem lucro líquido de R$ 259 milhões no acumulado de 2022


O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) divulgou, nesta sexta-feira (11), os resultados do terceiro trimestre deste ano. O lucro líquido recorrente acumulado nos nove primeiros meses do ano foi de R$ 259 milhões, crescimento de 52,3% em comparação ao mesmo período de 2021. Esse resultado é recorde da série histórica do Banestes, sendo maior, inclusive, que todo o lucro líquido recorrente apurado no ano passado.

O faturamento totalizou R$ 4 bilhões, avançando 123,9% no acumulado, e o resultado operacional R$ 412 milhões, expandindo 40,8% em relação ao ano anterior. O acumulado do lucro líquido corresponde a R$ 0,82 por ação, retorno sobre o Patrimônio Líquido médio anualizado (ROE) de 17,4% e retorno sobre os Ativos Totais médios anualizado (ROA) de 0,9%.

As informações foram transmitidas via YouTube, pelo diretor de Relações com Investidores e de Finanças do Banestes, Silvio Henrique Brunoro Grillo. O vídeo está disponível, na íntegra, no canal oficial do Banestes. Os dados completos podem ser consultados no site de Relações com Investidores, dentro do portal oficial do Banestes (www.banestes.com.br), e também nas páginas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e da Bolsa de Valores.

“Mantendo o foco no cliente, encerramos o trimestre com a instituição mais forte e certo de seu papel perante à sociedade capixaba. Nosso Banco mantém sólido o compromisso com a sustentabilidade empresarial, bem como oferece produtos e serviços alinhados ao desejo do consumidor. O Banestes continua investindo fortemente em Tecnologia da Informação, para proporcionar melhorias nos serviços bancários, como a modernização de sistemas de informação, segurança e da rede de autoatendimento”, destacou o diretor.

No terceiro trimestre, o lucro líquido do Banestes chegou a R$ 77 milhões, 27,5% a mais em comparação ao mesmo período do ano passado.  Os números demonstram a melhoria contínua dos serviços prestados pelo Banco, além de crescimento em bases sustentáveis, mantendo elevados índices de capitalização e liquidez. O patrimônio líquido atingiu R$ 2 bilhões, 9,3% superior ao registrado no terceiro trimestre passado. O Índice de Basileia alcançou 14,33%.

Foi destinado aos acionistas a título de juros sobre capital próprio o valor de R$ 82 milhões, o que representa a distribuição de 31,7% do lucro líquido no acumulado. Desse montante, R$ 76 milhões foram para o Estado do Espírito Santo, acionista controlador. Esses recursos são aplicados conforme prioridades definidas no orçamento estadual. 

O montante dos Recursos de Terceiros Captados e Administrados somou R$ 43,7 bilhões, avançando 19% no ano. O saldo dos Ativos Totais foi de R$ 39 bilhões, representando um crescimento de 15,3%.   

A carteira de crédito ampliada atingiu o montante de R$ 11,1 bilhões, expandindo 15,0% comparado ao mesmo período do ano anterior e 11,5% sobre a posição de dezembro de 2021. Já a carteira de crédito comercial alcançou R$ 7,5 bilhões, crescendo 22,5% em relação ao trimestre passado e 17,4% no ano. A estratégia da Instituição prioriza carteiras com menor risco, como crédito consignado e crédito imobiliário.

Um dos destaques foi o lançamento do Banescard Visa, que incorporou a bandeira de aceitação internacional. Até setembro deste ano, foram realizadas mais de 16 milhões de operações, enquanto o valor transacionado (compras e saques com os cartões de débito e crédito) atingiu R$ 1,4 bilhão. Em paralelo à substituição do Banescard, os cartões Banestes Visa continuam crescendo. De janeiro a setembro, o número de transações expandiu 11,6% em relação ao mesmo período de 2021, resultando em aumento de 17,2% no faturamento e alcançando a cifra de R$ 1,5 bilhão nesse período.

A inadimplência (maior que 90 dias) da carteira de crédito ampliada encerrou setembro de 2022 em 1,3%. Já a da carteira de crédito comercial, no período, foi de 2,0%. As provisões para crédito geradas nos últimos 12 meses representaram 1,3% do total da carteira de crédito ampliada.

As receitas com serviços, nesse terceiro trimestre, atingiram R$ 94 milhões, elevação de 5,3% contra o mesmo período de 2021 e de 0,9% contra o trimestre anterior. No acumulado do ano, somaram R$ 274 milhões (+5,4% em 12 meses).  O Banestes manteve relacionamento com a base de 1.354.906 clientes (+4,6% em 12 meses), crescendo 4,6% sua base com pessoa física e 3,8% com pessoa jurídica. O número de contas correntes atingiu 977.259 (+8,0%), enquanto as contas de poupança somaram 633.858 (+2,2%) na mesma comparação.

A nota de rating em escala nacional para risco de crédito medido pela Fitch Ratings manteve-se em AA-(Bra) com perspectiva estável, refletindo o perfil financeiro da instituição, sustentado pela estabilidade e força dos indicadores de rentabilidade, capitalização, captação e liquidez. 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Banestes
Jardel Torezani
assessoriadecomunicacao@banestes.com.br

Fonte: Notícias do Governo do Espírito Santo

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas