20.6 C
Itapemirim
terça-feira 17 maio 2022

Período para doação de sangue após contaminação pela Covid-19 é reduzido para dez dias

Governo ESPeríodo para doação de sangue após contaminação pela Covid-19 é reduzido para dez dias


Durante a pandemia de Covid-19 novos critérios de segurança foram estabelecidos para a doação de sangue, como a definição do intervalo necessário para realizar a ação após contaminação pela doença. De acordo com a nova orientação do Ministério da Saúde, pessoas com diagnóstico positivo para o vírus ou suspeita de infecção, com ou sem sintomas, ficam inapta para doação por dez dias depois da completa recuperação.

As informações foram publicadas na Nota Técnica N°004/2022, disponibilizada no último dia 24 de janeiro, que revoga a instrução do período de 30 dias adotado anteriormente.

As mudanças para triagem clínica dos candidatos à doação foram definidas por meio do avanço dos estudos e conhecimentos científicos relacionados ao vírus, uma vez que não há evidências que o vírus seja transmitido pela transfusão de sangue.  Para a diretora geral do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Espírito Santo (Hemoes), Marcela Murad, essa nova medida aumentará o número de bolsas de sangue no estoque da unidade e incentivará novos doadores.

“Estamos passando por um momento em que todos os bancos de sangue do Brasil enfrentam baixas significativas nos estoques, sendo que um dos principais motivos é o elevado número de cidadãos positivos para Covid-19, o que tornava a pessoa inapta à doação por um longo período. Acreditamos que a redução para dez dias sem apresentar sintomas, refletirá positivamente para o reestabelecimento de níveis adequados de sangue para atender os pacientes necessitados cotidianamente”, ressaltou.

Clique aqui e confira a Nota Técnica N°04/2022.

Vacinação contra Covid-19 e contaminação por Influenza

Uma das medidas mais eficazes para evitar casos graves da Covid-19 e diminuir o número de internações é a vacinação, entretanto, após receber as doses contra a doença o cidadão deve seguir alguns critérios antes de realizar a sua próxima doação de sangue.

Aos que foram imunizados com a Coronavac, é necessário aguardar dois dias para realizar a doação. Já os demais imunizantes a recomendação é de sete dias.

Com relação ao contágio pelo vírus da influenza, é exigido o intervalo de 15 dias após cura total da doença.

Doações de sangue na pandemia

Durante o período de enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19), os atendimentos em todas as unidades estão acontecendo, preferencialmente, por meio de agendamento. A medida visa a reduzir a circulação de pessoas nos locais para evitar aglomerações e reduzir a possibilidade de transmissão do vírus. As pessoas que tiveram diagnóstico positivo para o novo Coronavírus (Covid-19).

Outra forma de realizar a doação é por meio é o agendamento do Ônibus de Coleta Externa. A unidade móvel realiza a coleta de sangue e o cadastro para doação de medula óssea. O serviço pode ser solicitado por qualquer cidadão pelo e-mail hemoes.coletaexterna@saude.es.gov.br, sendo necessário cumprir alguns requisitos, como o mínimo de 50 doadores e o máximo de 70.

Onde doar

– Hemocentro de Vitória
Endereço: Avenida Marechal Campos, 1.468, Maruípe.
Telefone: (27) 3636-7920

 

– Hemocentro de Linhares
Endereço: Avenida João Felipe Calmom, 174-298, Centro.
Telefone: (27) 3264-6000

 

– Hemocentro de Colatina
Endereço: Rua Cassiano Castelo, 276 – Centro.
Telefone: (27) 3717-2800

 

– Hemocentro de São Mateus
Endereço: Rodovia Otovarino Duarte Santos, Km 02, Parque Washington.
Telefone: (27) 3767-7954
Clique aqui e confira o estoque de sangue no Hemoes nesta quarta-feira (02).

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais / Ana Cláudia dos Santos
asscom@saude.es.gov.br

Fonte: Notícias do Governo do Espírito Santo

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas