23.1 C
Itapemirim
quinta-feira 19 maio 2022

PCES e PMES prendem dois suspeitos de roubo com refém em Itaguaçu – Notícias da Polícia Civil ES

PolíciaPCES e PMES prendem dois suspeitos de roubo com refém em Itaguaçu - Notícias da Polícia Civil ES

Policiais da Delegacia de Polícia (DP) de Itaguaçu e da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar prenderam, em flagrante, dois suspeitos de invadirem duas residências em Itaguaçu, zona rural do município, renderem os moradores e roubarem os pertences da família. Uma adolescente de 15 anos foi violentada. Os detidos foram localizados no distrito de Itaraninha, município de Itarana, na tarde dessa quarta-feira (05).

O crime foi cometido na noite dessa segunda-feira (03) e as prisões ocorreram menos de 48 horas depois. Assim que tomou conhecimento do fato, a equipe da Delegacia de Polícia de Itaguaçu deu início à investigação, contando com o apoio da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Colatina e da Gerência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp).

“Há meses, vínhamos investigando vários roubos cometidos na região de Itaguaçu, sempre com modus operandi semelhante. Na última segunda-feira, houve um novo roubo, com o uso de violência ainda mais acentuada. Com o apoio da Deic de Colatina, Sesp e da PM, iniciamos as diligências e logo identificamos o veículo usado pelos criminosos. De posse das informações, passamos a monitorar os suspeitos e chegando à prisão deles”, relatou o titular da DP de Itaguaçu, delegado Renan Alves.

Prisão

Em posse das imagens que mostravam o exato momento em que um veículo modelo Volkswagen/Fox, com restrição de furto e roubo, entrava em Itaraninha, sendo escoltado por outro veículo modelo Fiat/Palio, logo após um dos roubos, a Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) pôde fazer o levantamento da identidade dos suspeitos, sendo constatado que um deles tinha mandado de prisão em aberto. Foi solicitado o apoio da Polícia Militar e as equipes seguiram em conjunto para o local, onde montaram campana a fim de aguardar o melhor momento para realizar a abordagem dos indivíduos.

Por volta das 18 horas, os dois suspeitos de 21 e 27 anos chegaram à residência e, ao receberem voz de abordagem, tentaram se evadir. Um deles foi preso ainda na casa. Já o outro correu por ruas e pulou por muros da região, mas foi alcançado pelos policiais. Durante buscas dentro da residência, foi encontrada uma arma de fogo calibre 32 com seis munições, que o suspeito de 21 anos assumiu pertencer a ele. No local ainda foi apreendida uma touca ninja e foram encontrados diversos materiais roubados pelos indivíduos, como celulares, carros e até carnes.

Os detidos são condenados pelo crime de roubo. O mais jovem era evadido do sistema prisional e estava com mandado de prisão em aberto. O mais velho cumpria pena por roubo, em prisão domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica. No momento do crime e no momento da prisão, ele estava com o equipamento de monitoramento.

“São indivíduos de alta periculosidade e contumazes na prática criminosa. Um deles foi identificado, sem nenhuma dúvida, pelas vítimas que compareceram à delegacia e nossas investigações indicam que eles estão envolvidos em outros crimes registrados na região de Itaguaçu. Quem identificar esses indivíduos como autores de outros crimes, deve se dirigir à delegacia, pois essas informações são de extrema importância para que esses indivíduos permaneçam presos”, orientou o delegado.

As vítimas que estiveram na Delegacia também reconheceram a arma apreendida com os suspeitos, além de vários objetos recuperados. O detido de 27 anos foi autuado em flagrante pelo crime de roubo majorado por restrição de liberdade das vítimas, concurso de agentes e emprego de arma de fogo. O suspeito de 21 anos responderá pelo crime de roubo com as mesmas majorantes, além de porte ilegal de arma de fogo e estupro qualificado.

Ambos foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina, onde permanecem à disposição da Justiça. A investigação segue em andamento e a população pode contribuir com informações, por meio do Disque-Denúncia 181.

Texto: Camila Ferreira e Fernanda Bollis

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
imprensa.pc@pc.es.gov.br

 

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157
comunicapces@gmail.com



Fonte: Notícias do site da Polícia Civil do Espirito Santo – Confira mais informações em Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas