18.6 C
Itapemirim
sábado 20 julho 2024

Forças de Segurança do Espírito Santo prendem suspeito de matar enfermeira grávida – Notícias da Polícia Civil ES

PolíciaForças de Segurança do Espírito Santo prendem suspeito de matar enfermeira grávida - Notícias da Polícia Civil ES

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Alfredo Chaves, prendeu na última quinta-feira (18), no município de Viana, um homem de 27 anos, suspeito de matar uma enfermeira de 30 anos. O corpo da vítima foi encontrado no dia 11 de janeiro, na localidade de Carolina, no município de Alfredo Chaves, com dois tiros na região do tórax e o corpo coberto de cal. O investigado era ex-companheiro da vítima.

“Nós temos provas técnicas e científicas de que o suspeito estava na cena do crime, provas que trabalhamos por meio de ferramentas de tecnologia e soluções de inteligência”, informou o delegado-geral da Polícia Civil (PCES), José Darcy Arruda.

No dia 10 de janeiro, o suspeito chegou a buscar a enfermeira no trabalho dela. No mesmo dia, amigos e familiares já não conseguiram mais entrar em contato com a vítima. Já no dia 11, a equipe policial recebeu informações de que havia um corpo na região de Carolina, em Alfredo Chaves, após transeuntes avistarem indícios de sangue na estrada.

A equipe se deslocou ao local informado, onde o corpo da enfermeira foi encontrado a cerca de um metro da estrada, com dois tiros na região do tórax e coberto com cal. Em análise, a perícia verificou que a vítima estava grávida, porém não foi possível salvar o bebê.

“Com a vítima, foi encontrado apenas um cartão de banco, porém estava com o nome incompleto e haviam diversas pessoas com o mesmo nome no sistema, então uma parte da equipe se deslocou até Vitória para checar possíveis parentes da enfermeira”, relatou a titular da Delegacia de Polícia de Alfredo Chaves, delegada Maria da Glória Pessotti.

Na última segunda-feira (15), a família da vítima foi localizada e reconheceu o corpo no Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim.

Em outubro de 2023, a vítima já havia feito uma ocorrência contra o ex-companheiro, sendo registrado como tentativa de homicídio, após o suspeito dar um mata-leão na enfermeira, levando a vítima a desmaiar. “Após o ocorrido, a vítima ainda manteve relação com o investigado, acreditamos que por conta da gravidez”, relatou a delegada Maria da Glória Pessotti.

Na quarta-feira (17), a equipe policial se deslocou à residência do investigado no bairro de Lourdes, em Vitória, porém o mesmo não estava no imóvel, sendo apreendido apenas o suposto veículo que havia sido utilizado no crime, além de distintivos falsos da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES).

“A vítima se identificava como policial militar, porém já averiguamos que se tratava de uma mentira, pois não há registros do suspeito no corpo de membros da Polícia Militar do Estado”, completou a delegada.

Ainda na quarta-feira (17), foi averiguado que o investigado havia trocado de carro com o pai dele, porém, por meio de diligências, a equipe conseguiu identificar as características do veículo, iniciando o monitoramento de veículos semelhantes. O suspeito foi localizado e preso em Viana, na quinta-feira (18). No momento da prisão, o criminoso estava acompanhado do advogado dele, seguindo em direção à delegacia de Alfredo Chaves, para se entregar.

“O rapaz controlava tudo que se passava na vida da moça, inclusive as mensagens do celular, as roupas que ela vestia, e ele também levava e buscava a vítima no local de trabalho dela. Enquanto a moça estava no trabalho, ele aguardava próximo do local, até o fim do expediente. A vítima vivia um relacionamento abusivo. Orientamos que familiares e amigos ao redor denunciem esse tipo de comportamento”, informou o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho.

O indivíduo foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DEHPP), onde prestou depoimento. Após os procedimentos de praxe, ele foi levado ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Texto: Beatriz Paoliello, Estagiária – Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi).

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024

Informações à Imprensa:
Olga Samara / Matheus Foletto
(27) 3636-1536 / (27) 99846-1111 / (27) 3636-1574 / (27) 99297-8693
comunicapces@gmail.com

 



Fonte: Notícias do site da Polícia Civil do Espirito Santo – Confira mais informações em Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas