20.5 C
Itapemirim
quinta-feira 19 maio 2022

DHPP Serra prende suspeitos de matarem mecânico na frente de esposa e filha – Notícias da Polícia Civil ES

PolíciaDHPP Serra prende suspeitos de matarem mecânico na frente de esposa e filha - Notícias da Polícia Civil ES

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra prendeu dois indivíduos de 26 e 29 anos acusados de matar o mecânico Erasmo Pereira Alves, de 49 anos, no bairro Cidade Nova, também na Serra, no dia 28 de outubro de 2021. As prisões ocorreram em dezembro e foram divulgadas, nesta terça-feira (), em entrevista coletiva, na Chefatura de Polícia Civil, em Vitória.

O suspeito de 29 anos fugiu para o Nordeste logo após o crime, passando pelos estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Paraíba. Antes de ser preso, chegou a publicar um vídeo ostentando uma pistola, no litoral da Bahia, e outro, desafiando as forças de segurança, em Alagoas.

Ele foi localizado em João Pessoa, na Paraíba, no dia de dezembro de 2021, após um trabalho integrado de inteligência entre as forças de segurança dos Estados do Espírito Santo e Paraíba e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O superintendente de Polícia Especializada, delegado José Lopes, destacou a importância desta integração.

“Nós somos profissionais e aguardamos o momento certo para agir. Agradecemos aos colegas da Paraíba, da SESP e também da PRF, que nos ajudaram a dar essa resposta rápida para a sociedade. A integração entre as polícias foi fundamental para a prisão desse indivíduo”, afirmou o superintendente.

O outro indivíduo de 26 anos foi preso no dia 05 de dezembro, no mesmo bairro onde o crime ocorreu. Ambos tinham mandado de prisão em aberto e são réus no Processo que tramita na 3º Vara Criminal da Serra.

O titular da DHPP Serra, delegado Rodrigo Sandi Mori, explicou que a investigação indicou que os suspeitos agiram juntos. Na tarde do crime, os suspeitos foram à residência da vítima, um deles arrombou a porta e perguntou à esposa da vítima onde estava o homem que ele procurava. Ela respondeu que ele não estava ali. Não satisfeito com a resposta, o suspeito apontou uma arma para a criança, momento em que o mecânico saiu do quarto e interferiu.

“Nesse momento, o indivíduo efetuou um disparo a curta distância na boca da vítima, e um segundo disparo quando a vítima já estava no chão. Em seguida, ele puxou a mulher pelo cabelo, encostou a arma no pescoço dela e puxou o gatilho, mas a arma mascou. Como o homem ainda agonizava no chão, o outro suspeito se aproximou e deu mais dois tiros”, descreveu Sandi Mori.

O mecânico não era o alvo dos acusados. O objetivo deles, segundo a investigação, era matar outro indivíduo que vinha praticando pequenos furtos naquela região e poderia estar na residência do mecânico. O crime foi planejado pelo suspeito de 29 anos, que tem um comércio no bairro e tinha sofrido um furto.

“Só pela dinâmica do crime nós já vemos a periculosidade desse indivíduo. Embora ele trabalhasse – ele tinha um material de construção no bairro Cidade Nova da Serra –, atuava como justiceiro naquele bairro, não permitia furtos naquela região e também já respondia em liberdade por um homicídio no município de Vila Velha”, afirmou.

Os detidos respondem por homicídio qualificado por motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima e o indivíduo de 29 anos também responde por tentativa de homicídio com as mesmas qualificadoras.

Texto: Camila Ferreira

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
imprensa.pc@pc.es.gov.br

 

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157
comunicapces@gmail.com



Fonte: Notícias do site da Polícia Civil do Espirito Santo – Confira mais informações em Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas