20.2 C
Itapemirim
segunda-feira 15 julho 2024

Deic conclui investigações da morte de comerciante e prende três dos cinco envolvidos no latrocínio – Notícias da Polícia Civil ES

PolíciaDeic conclui investigações da morte de comerciante e prende três dos cinco envolvidos no latrocínio - Notícias da Polícia Civil ES

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic), concluiu, no dia 09 de outubro, a “Operação Pequim”, que tinha como objetivo investigar o crime de latrocínio contra um comerciante chinês, Weiming Li, de 48 anos. Durante as investigações, foram identificados cinco suspeitos envolvidos no latrocínio e quatro suspeitos envolvidos no roubo de dinheiro da conta da vítima.

O crime de latrocínio, que é roubo seguido de morte, ocorreu no dia 10 de julho, no bairro Parque Residencial Laranjeiras, no município da Serra. Trata-se de caso de ampla repercussão local, nacional e internacional, uma vez que o Consulado Chinês, por meio de seus representantes, atuante no Rio de Janeiro, veio ao Estado para pedir pela elucidação do crime.

“Com o avanço da tecnologia, a Polícia Civil do Espírito Santo está em constante aperfeiçoamento, para compreender e combater as novas modalidades de crime. Agradecemos ao Governo do Estado pelos investimentos em soluções de inteligência, tornando a Polícia equiparada para combater o crime e desenvolver essas investigações”, destacou o delegado-geral da PCES, José Darcy Arruda.

O delegado-geral complementou: “A Operação Pequim revela a dedicação e a habilidade da equipe do Deic da PCES em solucionar crimes complexos e destaca a crescente necessidade da atuação policial no ciberespaço.”

O chefe da Divisão Patrimonial (DRCCP) e titular da Delegacia de Segurança Patrimonial (DSP), delegado Gianno Trindade, relatou como o crime ocorreu: “No dia do crime um veículo estacionou atrás do carro da vítima e esperou por cerca de 20 minutos, até que a vítima aparecesse no local, quando o comerciante chegou três homens desceram do carro. Um dos homens tentou render a vítima e levá-la para o carro, com a intenção de realizar um sequestro relâmpago, porém a vítima reagiu, neste momento um outro envolvido, que é irmão do rapaz que estava segurando o comerciante, atirou na vítima, que veio a óbito no local.”

No dia do crime, apenas o celular da vítima foi levado. O planejamento do crime, se desenvolveu após um dos suspeitos, funcionário de uma pastelaria, informar para os irmãos as boas condições financeiras da vítima. “O funcionário era vizinho dos irmãos e foi o responsável por passar informações sobre a vítima, alegando que ele tinha muito dinheiro e que seria uma boa vítima para o sequestro relâmpago”, informou o delegado Gianno Trindade. O investigado foi detido na pastelaria no bairro Laranjeiras, na Serra.

Pelas de câmeras de videomonitoramento do local, a equipe policial conseguiu identificar o veículo usado no dia do crime, sendo possível averiguar que o carro tinha registro no município de Itabuna, Bahia. Na primeira fase da operação, que ocorreu no dia 16 de agosto, a equipe policial capixaba se deslocou até o estado da Bahia, onde conseguiu localizar e prender o motorista do veículo. Durante a investigação, foi averiguado que os criminosos faziam parte de uma quadrilha baiana especializada em sequestro relâmpago, que já havia participado de outro caso de sequestro no município de Aracruz.

Na segunda fase da operação, que ocorreu no dia 28 de agosto, foi preso o suspeito que abordou a vítima fora do carro, sendo localizado na residência dele no bairro Feu Rosa, também na Serra. O outro irmão, que chegou a atirar na vítima, e o mentor do crime, ainda continuam foragidos.

O inquérito do caso foi concluído no dia 09 de outubro. Dos cinco envolvidos que foram identificados, três foram presos e dois seguem foragidos.

Qualquer informação sobre o paradeiro dos dois foragidos é importante e pode ser repassada para a Polícia Civil por meio do Disque-Denúncia 181. A ligação é anônima e o sigilo é garantido. Denúncias também podem ser feitas pelo site disquedenuncia181.es.gov.br.


Roubo da conta do comerciante

Cerca de 20 dias após a morte de Weiming Li, a equipe policial verificou que estavam ocorrendo movimentações bancárias nas contas do comerciante. “No início pensamos que pudesse ter ligação com a quadrilha, porém após averiguações descobrimos que se tratava de um hacker de 28 anos, que conseguia acessar a ‘Deep Web’. Dentro desta rede sem monitoramento, o criminoso conseguiu ter acesso a certidões de óbito de diversas pessoas, documentos como CPF e contas bancárias”, pontuou o chefe do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic), delegado Gabriel Monteiro.

“O hacker, chegou a ver as notícias sobre a morte do chinês, podendo verificar que o ele tinha boas condições financeiras”, completou o delegado.

Uma ex-gerente de banco de 39 anos, na época ainda ativa em seu cargo, se associou ao hacker, criando um cartão e instalando a internet bank no celular do criminoso, tendo acesso a todas as senhas bancárias da vítima. “Retiraram da conta do chinês cerca de R$ 600 mil, segundo a ex-gerente, ela ganharia R$ 150 mil por ajudar o hacker. Ao todo, são quatro indivíduos envolvidos que residem em Linhares, dois deles realizavam a lavagem de dinheiro”, acrescentou o delegado Gabriel Monteiro.

Os quatro envolvidos foram indiciados por furto qualificado, associação criminosa, lavagem de dinheiro, além disso, a gerente também responderá por violação de sigilo funcional. Desses, somente o hacker responde ao crime em privação de liberdade. 

Texto: Beatriz Paoliello, Estagiária – Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi).

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024

Informações à Imprensa:
Olga Samara / Matheus Foletto
(27) 3636-1536 / (27) 99846-1111 / (27) 3636-1574 / (27) 99297-8693
comunicapces@gmail.com

 



Fonte: Notícias do site da Polícia Civil do Espirito Santo – Confira mais informações em Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas