20.2 C
Itapemirim
domingo 14 julho 2024

Intercâmbio de experiências entre mulheres agricultoras de Muqui

Governo ESIntercâmbio de experiências entre mulheres agricultoras de Muqui


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), em parceria com Fundação de Desenvolvimento e Inovação Agro Socioambiental do Espírito Santo (Fundagres Inovar), realizou, nessas terça-feira (12) e quarta-feira (13), um encontro com mulheres agricultoras familiares do município de Muqui para um intercâmbio de experiências. O objetivo foi incentivar a organização de grupos coletivos por meio de associações ou cooperativas para o alinhamento de ações e projetos que estimulem a autonomia das mulheres e a geração de renda no espaço de produção.

O intercâmbio de experiências teve como público-alvo as mulheres cafeicultoras residentes nos territórios da calha do Rio Doce (Marilândia, Colatina e Linhares), que foram atingidas pelo desastre ambiental provocado pelo rompimento da barragem de Fundão, Mariana, em Minas Gerais. A programação realizada pela Subsecretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF) faz parte do Projeto Mulheres do Café, conduzido pela Secretaria da Agricultara e pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

Durante a atividade as participantes conheceram o projeto “Póde Mulheres”, da Cooperativa dos Cafeicultores do Sul do Espírito Santo (CAFESUL), em Muqui. As mulheres puderam conhecer a história do grupo, o seu espaço de produção, laboratório, bem como todos os processos realizados. Na ocasião também entenderam um pouco mais sobre o papel da cooperativa em relação ao desenvolvimento dos pequenos produtores da região sul para promover o desenvolvimento sustentável das comunidades onde atua.

Na ocasião, foram realizadas palestras que abordaram a comercialização dos cafés femininos e a participação das mulheres nos concursos de cafés especiais, a evolução do ‘Café Póde Mulheres’, notas sensoriais, além de degustação dos cafés e visita técnica.

Dados do último Censo Agropecuário realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) demonstram que as mulheres desempenham um papel fundamental na agricultura. O Espírito Santo tem 108.014 estabelecimentos agropecuários, dos quais, 14.661 são dirigidos por mulheres e o café está presente em 69,7% destes, ainda segundo os dados.

Apoiar o protagonismo e a liderança das mulheres nas mais diversas áreas e cadeias produtivas da agropecuária é essencial, afirma o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli. “Vamos continuar investindo em políticas púbicas para promover, capacitar e incentivar o empreendedorismo feminino e o trabalho das mulheres no campo, que desempenham um papel fundamental para o desenvolvimento do meio rural”, pontuou Bergoli.

Segundo a gerente de Projetos e Programas Sustentáveis da Seag, Patrícia Ferraz, a ação tem como objetivo fortalecer o protagonismo e a liderança das mulheres no meio rural. “Apoiar, oportunizar e valorizar o trabalho feminino é estimular o empoderamento econômico e social dessas mulheres além de gerar novas oportunidades de negócios e geração de renda”, ressaltou. A gerente destacou ainda que quando se considera o papel da mulher dentro das atividades agrícolas, ele está relacionado aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) que devem ser implementados por todos os países até 2030.

“O empoderamento econômico das mulheres ganhou um foco crescente nos últimos anos na agenda de desenvolvimento global que ressalta a igualdade de gênero e o empoderamento de todas as meninas e mulheres. Essa meta além de temas sociais, trata de questões econômicas, buscando reformas que levem a direitos iguais à propriedade, controle sobre a terra, recursos financeiros, herança e recursos naturais”, destacou ainda.

Póde Mulheres

O café produzido pelo Póde Mulheres traz um aroma delicado, corpo cremoso e finalização prolongada, proporcionando uma experiência única ao saborear o conilon especial. Sabor e alta qualidade de um café produzido exclusivamente por mulheres.

A iniciativa partiu da Cooperativa dos Cafeicultores do Sul do Estado do Espírito Santo (Cafesul), e conta com atuação direta do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Desde que foi criado, o Póde Mulheres mudou a rotina de produção e a vida de muitas famílias de Muqui e municípios vizinhos.

Projeto Mulheres do Café

O Projeto Mulheres do Café apresenta grande impacto do ponto de vista de relevância social, visto que seus resultados possibilitarão evidenciar a importância do trabalho da mulher em atividades geradoras de renda. O objetivo é apoiar o protagonismo e a liderança das mulheres nas mais diversas áreas e cadeias produtivas da agropecuária na busca pelas desigualdades de gênero no campo, oportunizando resultados socioeconômicos positivos, a valorização do trabalho feminino e a geração de emprego e renda.

A coordenadora do Projeto Mulheres do Café e extensionista do Incaper, Patrícia Campbell, destaca o ponto de vista econômico do projeto. “O projeto estimula o empoderamento econômico e social das cafeicultoras e amplia o acesso das mesmas a novas oportunidades de negócios, agregação de valor aos seus produtos e canais de comercialização”, conclui Campbell.

Por fim, espera-se que a prática de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) voltada para igualdade de gênero e um projeto específico voltado para as mulheres do café, que são uma proposta inédita no estado do Espírito Santo, juntamente com os resultados dos impactos social, econômico e ambiental deste trabalho possibilitem a validação do método e a expansão da prática, contribuindo para romper com o paradigma da divisão sexual do trabalho enraizado na atuação extensionista tradicional.

Tal inovação possibilitará ao Estado se tornar referência nacional em Ater para mulheres com orientação de igualdade de gênero, mantendo-o na vanguarda do serviço público prestado com qualidade.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Seag
Priscila Contarini / Mike Figueiredo
(27) 3636-3700 / (27) 99645-4694 / (27) 99616-5840
comunica.seag@gmail.com

Fonte: Notícias do Governo do Espírito Santo

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas