24.7 C
Itapemirim
segunda-feira 22 julho 2024

Fórum Estadual celebra ações do Projeto Juventudes

Governo ESFórum Estadual celebra ações do Projeto Juventudes


Um momento de trocas e celebração. Assim foi o Fórum Estadual das Juventudes, que marcou o primeiro ano de atividade do Projeto JuventudES. O evento aconteceu no último sábado (29), no Matrix Music Hall, em Cariacica, e contou com a participação de 450 pessoas, entre os contemplados no Edital JuventudES e os jovens atendidos pelos 14 Centros de Referência das Juventudes (CRJs) do Governo do Estado. 

Os jovens se divertiram com as apresentações do Grupo Olhar de Sedução, formado exclusivamente por mulheres, e com um repertório de samba e pagode, com Chapola MC e o famoso rapper Cesar MC.  

Durante a solenidade de lançamento do Almanaque Juventudes, feito pela coordenadora do JuventudES, Thaís Souto Amorim, foi exibido um vídeo do governador do Estado, Renato Casagrande, gravado especialmente para os jovens contemplados no projeto. A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, falou das políticas públicas desenvolvidas para a juventudes e a importância da continuidade dessas ações.

“O Plano Estadual de Políticas para a Juventude é um marco extremamente importante. Estamos deixando um plano estadual e um fundo de políticas para as juventudes. É uma política estadual que é para ter continuidade e seguir alcançando todas as juventudes”, explicou Nara Borgo.

O subsecretário de Estado de Políticas para as Juventudes, Jiberlandio Miranda, falou sobre o protagonismo dos jovens contemplados pelo Projeto JuventudES. “Acompanhei alguns fóruns municipais e todos os projetos estão de parabéns. De fato, vocês são os protagonistas das políticas públicas que estamos construindo juntos”, salientou.  

A gerente de Políticas para a Juventude, Fabricia Goetsch Barbosa, destacou o projeto. “A gente pensou o JuventudES com um projeto robusto, embasado e representativo. O JuventudES teve um direcionamento para que a gente tivesse uma cota dentro do sistema prisional e dentro do Iases (Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo), além dos nossos CRJ”s.  Tenho certeza que isso vai ficar como legado para outras juventudes”, disse.

Para a diretora-executiva do Instituto Brasil de Cultura e Arte – IBCA, OSC que geriu o Projeto JuventudES, Larissa Delbone, foi importante essa ação de destinação de recursos para os jovens. “A juventude do Espírito Santo sempre foi potente. Ela produz, realiza e se reconhece no seu próprio território. Para a gente, foi muito fácil realizar esse projeto, porque quando a gente chega em cada território esses jovens já estão com suas ideias prontas e a única coisa que eles precisavam era recurso. Contar com o Governo Estadual e com o BID é um privilégio. Foram 12 meses enriquecedores e que os rostos de cada um dos que estão aqui fizeram parte do nosso trabalho”, completou. 

O presidente do Conselho Nacional de Juventude, Marcos Barão, também estava presente no evento. “A história de cada um de vocês, os projetos representados no Almanaque Juventudes, serão levados para Brasília como uma inspiração para todo o Brasil. A política de juventude do Estado do Espírito Santo é referência para o nosso País”, comentou. 

Além dele, a promotora de Justiça e coordenadora do Núcleo de Proteção aos Direitos das Juventude (Neju), Renata Lordello Colnago, também participou do evento.

Projeto JuventudES

Promover a mobilização e o fomento de ações idealizadas por jovens que moram nas periferias do Espírito Santo. Essa é a proposta do Projeto JuventudES, uma ação desenvolvida pelo Governo do Estado do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) e do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, e que teve a gestão do Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA).

Voltado para o público de 15 a 24 anos, o Projeto JuventudES destinou especial atenção às questões relacionadas às diversidades sexual, racial, étnica, de deficiências e em situação de rua, mapeando esses jovens, e garantindo o acompanhamento e a efetiva fruição das ações propostas em rede. O projeto também teve como foco os jovens que enfrentam questões decorrentes do uso de álcool e outras drogas, e egressos e/ou em cumprimento de medidas socioeducativas.

O projeto foi desenvolvido nos municípios de Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Guarapari, Linhares, São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória, e resultou na participação de, aproximadamente, 7.200 jovens. As ações fomentaram e acompanharam o desenvolvimento de 120 projetos protagonizados por jovens e/ou coletivos juvenis selecionados nos territórios do projeto Estado Presente: Segurança Cidadã e, dessa forma, contribuíram para a redução dos índices de violência nos territórios prioritários do projeto.

 

Estado Presente

O Projeto Estado Presente: Segurança Cidadã é uma iniciativa do Governo do Estado do Espírito Santo, que conta com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para a implementação de ações de prevenção e combate à violência. O objetivo é contribuir para a redução dos elevados índices de crimes violentos (homicídios e roubos) entre jovens de 15 a 24 anos, nas regiões de maior vulnerabilidade social e, historicamente, mais atingidas pela violência.

O Projeto JuventudES integra as políticas públicas do Governo do Estado, dentro do Programa Estado Presente, que foram, inclusive, apresentadas como caso de sucesso na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, em fevereiro deste ano; no III Fórum Mundial de Direitos Humanos 2023, em março deste ano, na Argentina; e na 17ª Cúpula Internacional de Direitos Humanos da Juventude, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, em julho.


Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Projeto Estado Presente: Segurança Cidadã no ES
Danielly Campos
(27) 3636-1330 e (27) 99231-5186
comunicacao.bid@sedh.es.gov.br

Fonte: Notícias do Governo do Espírito Santo

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas