20.7 C
Itapemirim
domingo 22 maio 2022

Espírito Santo: Chuva obriga mais de 60 pessoas a saírem de casa; Instituto emite alerta laranja

MarataízesEspírito Santo: Chuva obriga mais de 60 pessoas a saírem de casa; Instituto emite alerta laranja
d5fb5c90-8e79-11ec-b695-934777d68e39-minified-1024x576 Espírito Santo: Chuva obriga mais de 60 pessoas a saírem de casa; Instituto emite alerta laranja
Foto: Reprodução redes sociai

As chuvas que atingem o Espírito Santo essa semana e a cheia do Rio Doce, em Linhares, Norte do Estado, obrigaram 61 pessoas a deixarem suas casas. Desse total, segundo a Defesa Civil, 34 pessoas estão desabrigadas — vivendo em abrigos das prefeituras — e outras 27 desalojadas — na casa de familiares ou amigos.

A cidade onde há mais pessoas fora de casa é Linhares, onde o nível do Rio Doce continua acima da cota de inundação, apesar de já ter caído nos últimos dias. Ao todo, 11 famílias, todas moradoras do bairro Olaria, estão abrigadas no Ginásio Poliesportivo do bairro Conceição.

O boletim da Defesa Civil estadual divulgado no final da tarde desta terça-feira (15) informa que 28 pessoas estão desabrigadas no município. No entanto, a prefeitura de Linhares afirma que são 31 pessoas nessa condição, sendo 23 adultos e oito crianças.

Ainda de acordo com a prefeitura, essas famílias devem começar a retornar para suas casas a partir da próxima quinta-feira (17), já que a tendência é de que é o Rio Doce continue baixando de nível nas próximas horas.

Segundo a administração municipal, na tarde desta terça-feira o nível do rio recuou para 4,25 metros. No domingo (13), ele chegou a 4,86 metros. No entanto, continua acima da cota de inundação, de 3,45 metros.

As outras três pessoas que estão desabrigadas no Espírito Santo são moradoras de São Mateus, também no Norte do Estado. O município também conta com outros três desalojados.

No último domingo, a chuva deixou muitas ruas alagadas em São Mateus e a água entrou em diversas casas, fazendo com que alguns moradores tivessem de deixar suas residências.

Cariacica foi a cidade com maior volume de chuva no ES

Os casos mais recentes de pessoas desalojadas no Espírito Santo foram registrados em Cariacica, cidade capixaba que teve o maior volume de chuva nas últimas 24 horas, segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

De acordo com a Defesa Civil estadual, dez pessoas tiveram de sair de casa e ir morar provisoriamente com parentes ou amigos. Isso ocorreu em razão da queda do muro de uma residência e do risco de desabamento da escadaria que dá acesso ao imóvel. Ele precisou ser interditado pela Defesa Civil municipal.

d5fb5c90-8e79-11ec-b695-934777d68e39-minified-1024x576 Espírito Santo: Chuva obriga mais de 60 pessoas a saírem de casa; Instituto emite alerta laranja
Foto: Reprodução/Leitor WhatsApp

O município também recebeu um alerta do Cemaden para o risco moderado de deslizamentos e enchentes. O mesmo aviso vale para outras sete cidades capixabas: Apiacá, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, João Neiva, Santa Maria de Jetibá e São Mateus.

Já os municípios de Linhares, Colatina, Baixo Guandu e Bom Jesus do Norte têm alerta de risco alto de enchentes.

Os demais desalojados são dos municípios de Colatina, onde há nove pessoas nessas condições, segundo a Defesa Civil estadual, e João Neiva, onde cinco moradores estão vivendo na casa de parentes ou amigos, após a queda de um muro de contenção no bairro Cruzeiro, no último sábado.

Além dos desabrigados e desalojados, a chuva deixou uma pessoa ferida em Brejetuba, na Região do Caparaó. Um deslizamento de terra, no último sábado, atingiu parte de uma residência no distrito de São Jorge. Uma pessoa precisou ser levada para o hospital.

Instituto emite alerta de chuvas intensas para o ES

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta terça-feira, dois alertas de chuvas intensas para grande parte do Espírito Santo.

De acordo com os avisos, pode ocorrer chuva entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 milímetros por dia, além de ventos intensos de 60 a 100 km/h. Os alertas são válidos até as 10 horas desta quarta-feira (16).

Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. Veja as cidades citadas em casa alerta:

ALERTA LARANJA
Afonso Cláudio
Alegre
Alfredo Chaves
Anchieta
Apiacá
Atílio Vivacqua
Bom Jesus do Norte
Brejetuba
Cachoeiro de Itapemirim
Castelo
Conceição do Castelo
Divino de São Lourenço
Domingos Martins
Dores do Rio Preto
Guaçuí
Guarapari
Ibatiba
Ibitirama
Iconha
Irupi
Itapemirim
Iúna
Jerônimo Monteiro
Marataízes
Marechal Floriano
Mimoso do Sul
Muniz Freire
Muqui
Piúma
Presidente Kennedy
Rio Novo do Sul
Santa Maria de Jetibá
São José do Calçado
Vargem Alta
Venda Nova do Imigrante

ALERTA AMARELO
Afonso Cláudio
Água Doce do Norte
Águia Branca
Alfredo Chaves
Alto Rio Novo
Anchieta
Aracruz
Baixo Guandu
Barra de São Francisco
Brejetuba
Cariacica
Colatina
Domingos Martins
Ecoporanga
Fundão
Governador Lindenberg
Guarapari
Ibiraçu
Itaguaçu
Itarana
João Neiva
Laranja da Terra
Linhares
Mantenópolis
Marechal Floriano
Marilândia
Nova Venécia
Pancas
Rio Bananal
Santa Leopoldina
Santa Maria de Jetibá
Santa Teresa
São Domingos do Norte
São Gabriel da Palha
São Roque do Canaã
Serra
Viana
Vila Pavão
Vila Velha
Vitória

Fonte: Folha Vitória

Portal Maratimba

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas