20.2 C
Itapemirim
domingo 14 julho 2024

Desenvolvimento: Estado cria Projeto ES +Competitivo e Escritório de Investimento

Governo ESDesenvolvimento: Estado cria Projeto ES +Competitivo e Escritório de Investimento


Foi publicado nessa terça-feira (04), na edição do Diário Oficial do Estado, o decreto Nº 5.419-R, de 03 de julho de 2023, instituiu o Projeto ES + Competitivo e registrou a criação do Escritório de Investimento/ES, no âmbito da Secretaria de Desenvolvimento (Sedes). O objetivo é efetuar a prospecção de negócios para o Espírito Santo, além de incentivar, fortalecer e atuar nas relações institucionais, nacionais e internacionais, na área econômica, e gerir projetos que auxiliem no desenvolvimento do Estado, aproximando o mercado e a Administração Pública Estadual.

Em 2022, o Estado realizou a prospecção de mais de 600 empresas, que resultou em anúncios da ordem de R$1,23 bilhão em investimentos e geração de 1.670 empregos diretos. Neste ano, de janeiro a junho, 300 empresas já foram contatadas pelo Governo do Estado e esse trabalho será intensificado por meio do Projeto ES + Competitivo e da criação do Escritório de Investimentos. A meta é ultrapassar o número de empresas prospectadas no último ano.

A novidade se junta ao trabalho que é realizado na Secretaria de Desenvolvimento (Sedes). Na última semana, as potencialidades do Espírito Santo foram apresentadas pelo Estado a um grupo de empresários de Londrina, no Paraná, durante missão para prospecção. O Estado tem bons exemplos de empresas com origem no Sul do País e que estão instaladas por aqui: Brametal, Oxford, Brinox e a Marcopolo.

Sendo assim, as perspectivas relacionadas à atração de investimentos são positivas. Em maio de 2022, a estimativa era de que, até 2027, o Estado receberia R$ 31,8 bilhões em investimentos produtivos. Já em maio deste ano, a previsão foi reajustada para R$ 39,5 bilhões de investimentos até 2028, de acordo com dados do Observatório da Indústria, da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes).

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço, frisou que a meta é superar os desafios para o desenvolvimento equilibrado e dobrar a prospecção de empresas. “Essa é mais uma parceria estratégica que realizamos com a Findes. Estamos reunindo inteligência, expertise e profissionalismo, como muito foco para dar um salto maior e ampliar a competitividade”, pontuou.

Segundo Ferraço, no Estado há concentração de investimentos bem determinados em algumas regiões. “Mas temos potencial e incentivos para intensificar novas áreas. Temos um ambiente saudável para atrair, prospectar e vamos em busca, priorizando aqueles que estejam alinhados com as pautas de Environmental, Social and Governance (Ambiental, Social e Governança – ESG) e com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Precisamos verticalizar etapas da prospecção de negócios, desburocratizar e intensificar a parceria com a Findes”, complementou.

O start do ES Competitivo foi dado em fevereiro deste ano quando a equipe da Sedes esteve na Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) para conhecer a metodologia de atração de investimentos adotado. Em seguida, com a Findes, deu início ao plano estratégico de ações.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Vice-Governadoria
Léo Júnior
(27) 99999-9422

Assessoria de Comunicação da Sedes
Gabriela Galvão
(27) 3636-9708
comunicacao@sedes.es.gov.br

Fonte: Notícias do Governo do Espírito Santo

Você está aqui

- Anunciar é Fácil (28) 99999-4664 -

Confira outras Notícias

Navegue pelas tags:

Mais Lidas